Coaching

O QUE É COACHING ?

A Palavra Coach é uma palavra inglesa que tem sua origem em um meio de transporte, que aqui conhecemos como carroça ou carruagem. Uma espécie de carro movido por tração animal, guiado por um Cocheiro. É uma metáfora dizer que o Coach nos leva de um ponto ao outro, partimos de um ponto situado no presente e chegamos ao nossos destino no futuro, que são as metas que almejamos alcançar.

 

Uma outra definição de Coach, esta mais popular é a do Técnico Esportivo, das várias modalidades de Esportes, aquele que cuida não só da estratégia do time, mas ao mesmo tempo tem o trabalho de motivar, incentivar, corrigir a rota, aperfeiçoar habilidades, e ainda elevar ao máximo a performance de cada membro da equipe, individual e coletivamente. Ainda dentro da área esportiva podemos pensar no Coach, como um Personal Trainer. Quando optamos por praticar um esporte, lidamos com a decisão de fazermos exercícios sozinhos, na academia, ou contarmos com o trabalho especializado e particular de um Personal Trainer, em cada uma das modalidades teremos resultados e tempos diferentes, para atingirmos nossas metas e objetivos. Assim o Coach seria no comparativo, um Treinador especializado em estratégias pessoais e profissionais.

 

Esta é a essência do Coaching, levar pessoas, equipes e empresas a atingirem o melhor de si mesmas, obtendo alto níveis de performance, em menor tempo. Portanto quando se fala em Coaching, se fala em processo, um processo de parceria que se estabelece entre o profissional “Coach” e o Cliente chamado de “Coachee”. O Coach promove um processo de aprendizagem acelerada além de transferência de competências essenciais para o Cliente, como por exemplo foco e auto-liderança.

 

Na realidade de algum modo, de maneira informal o Coaching sempre existiu, podemos até mesmo atribuir como um dos mais famosos Coaches da História, o Filósofo Sócrates, que com o seu método “maiêutica” ou parto de ideias, homenagem a sua mãe que tinha a função de parteira na Sociedade Grega, dizia que seu trabalho era de parir ideias das pessoas, assim fazia perguntas que levavam seus interlocutores, a novos pontos de vista.

O Coaching moderno recebe então influências da Filosofia, do mundo dos Esportes, e de uma nova visão em Psicologia, chamada Psicologia Positiva. Um movimento que rompe com a Psicologia tradicional focada em problemas pessoais e doenças. A Psicologia Positiva ao contrário busca auxiliar as pessoas a desenvolverem seus pontos fortes, minimizar os fracos e a serem mais felizes. Pioneira no sentido de estudar sobre o comportamento positivo dos seres humanos, focando em soluções ao invés de problemas.

 

O Coaching acaba sendo uma ferramenta multidisciplinar onde conhecimentos especializados de outras áreas, podem ser aproveitados e integrados ao processo de Coaching.

 

Um processo de Coaching sempre parte do presente (estado atual) em direção ao futuro (estado desejado). Há muita confusão acerca das semelhanças do Coaching com outras abordagens, que também possuem o mesmo propósito de trabalharem o desenvolvimento humano. Dentre elas são:

Psicoterapia – Não é Coaching por ter fins estritamente terapêuticos e focar na história biográfica e passado do cliente, investigando as causas para a queixa ou problema.

Consultoria – Não é Coaching, pois uma consultoria oferece soluções e respostas prontas ou sob medida para o cliente.

Mentoring – Também não é Coaching, muito embora seja complementar ao Coaching. A figura do Mentor é semelhante a de um Conselheiro, a partir da sua experiência profissional, ele mostra através do exemplo prático caminhos que já trilhou.

 

Nenhumas destas 3 abordagens são inferiores ou superiores ao Coaching, podendo até mesmo serem trabalhadas de forma complementar, mas como especificado tem propostas e resultados diferentes.

 

Então a pergunta que fica é, o que faz exatamente um Coach ? O Coach é um profissional como dito acima que apoia seus Clientes, de forma ética, em uma posição de igualdade e respeito, afim de provocar um processo de transformação e mudança. Ele não diz o que fazer, mas o leva a ampliar suas escolhas, e consequentemente as respostas e resultados obtidos. O estimula para a ação, e não só a reflexão, levando-o a responsabilizar-se por suas escolhas e portanto tornando-o mais consciente do que realmente deseja.

 

As principais ferramentas utilizadas por um Coach são o planejamento estratégico de metas, feedback constante, ferramentas de acesso e avaliação de perfil, desenvolvimento de competências interpessoais, comunicação, liderança e muito mais.

 

No Coaching existem diferentes segmentos e até alguns nichos de mercado específicos. Mas dentre as principais área de atuação do Coaching estão:

Life Coaching: É o Coaching para Vida, para metas e objetivos pessoais, como por exemplo, qualidade de vida, inteligência emocional, lidar com estresse, finanças pessoais, relacionamentos amorosos, educação, passar em vestibulares, correr uma maratona, entre muitos outros.

Executive Coaching: Este é o Coaching voltado para Empresas e subdividido em: Leader Coaching (coaching para formação ou performance de líderes), Team Coaching (coaching voltado para desenvolvimento de equipes de alta desempenho), Carreer Coaching (coaching voltado para o desenvolvimento da carreira) e o Business Coaching (coaching voltado para o negócio da empresa).

 

Alguns nichos de mercado onde Coaches atuam hoje por exemplo são: coaching espiritual, coaching para orientação vocacional, coaching para crianças, coaching esportivo, entre outros que variam conforme a especialização do profissional, já que coaching é uma metodologia de trabalho, adaptável aos diversos segmentos de atuação profissional, conforme os conhecimentos e formações de cada Coach.

 

Os benefícios que atingimos com o processo de Coaching são diversos e podem variar conforme comprometimento individual e metas alcançadas por cada cliente. Dentre elas que merecem destaque estão: resolução de conflitos, tomada de decisão, qualidade de vida, redução do estresse, administração do tempo, auto conhecimento, inteligência emocional, aumento de performance individual e profissional, mudança de carreira, aumento de poder pessoal e influência, aumento de resultados financeiros, maior objetividade e índice de felicidade.

 

Perguntas Frequentes:

Qual a duração do Coaching ?

O padrão é contratar um pacote de 10 encontros com duração aproximada de uma hora e meia cada, com um encontro agendado a cada semana. Um pacote menor pode ser fechado, porém quanto menor o pacote maior o valor de cada encontro. Já que o profissional, reserva aquele horário para o Cliente deixando de trabalhar com outras pessoas que o procuram. Iniciamos com um pacote mínimo de 5 encontros para conhecer o trabalho do Coach. Após este período inicial com valor promocional, o Cliente poderá após o 5o encontro, contratar o pacote que preferir.

 

Por que 10 encontros ?

Cada encontro tem inicio, meio e fim, e 10 encontros é um número médio conforme a complexidade da meta estabelecida e capacidade do cliente de entrar em ação. É um numero variável, que podem conforme a necessidade do cliente, negociar mais encontros mantendo os valores combinados. Não é possível afirmar que o Cliente irá atingir a meta desejada em apenas 10 encontros, porém é tempo suficiente para percorrer uma grande distância e visualizar melhor o caminho e distância já percorridos.

 

E se atingir o meu objetivo antes do prazo de 10 encontros ?

Ótimo… o pacote que fechamos é apenas o compromisso de que não desistirá antes de percorrermos esta distância média. Já no primeiro encontro o Cliente será estimulado a entrar em ação e poderá obter os primeiros resultados. Apesar do pacote, se atingir os resultados antes, você irá pagar pelos encontros realizados. Por exemplo, fechamos um pacote de 10 encontros e você conquistou o que desejava em 5 encontros, podemos trabalhar os 5 restantes em uma nova meta, você pode transferir ou presentear outra pessoa com estes 5 encontros, ou como ultima opção irá pagar apenas pelos 5 encontros.

 

Não sei bem o que quero… tenho alguns objetivos… não sei dizer em metas especificas… mas sei onde quero chegar em minha vida… como o Coaching pode me ajudar ?

Este é o mais comum dos casos, todos nós temos geralmente uma ideia abrangente de onde queremos chegar, mas não conseguimos visualizar as etapas para isso acontecer. Este é o trabalho do Coach, ajuda-lo a enxergar o seu grande objetivo final, em vários e pequenos passos. Muitos desistem de seus grandes objetivos, por tentarem dar saltos muito altos sem o devido preparo. Um passo de cada vez e percorremos grandes distâncias. Através de vários levantamentos de perfil e feedback, o cliente irá conhecer-se melhor e também a cada encontro terá o compromisso em dar mais um passo em direção ao futuro, da grande meta. É como na metáfora da maratona, muitos tentam logo de cara correr toda a prova, sem o menor prepara físico, e logicamente ficarão pelo meio do caminho, fora os perigos de lesões musculares ou ataques cardíacos. No caso do Coach, tentar atingir uma meta sem dividi-la em etapas, pode resultar em frustração, e o Cliente desistir para sempre do seus sonhos.

 

Como funcionará a estrutura dos encontros ?

Marcamos um dia e horário fixo na semana, o Coaching poderá ser realizado no local desejado pelo Cliente. Cada encontro tem a duração média de 1 hora e meia, onde é discutido um tema ou ferramenta especifica. O perfil psicológico do cliente é levantando a todo momento através de feedbacks, testes, devolutivas e outros instrumentos de acesso, metas, valores e crenças (não as religiosas e sim quanto a forma de como lidamos a questões profissionais e de vida). São levantados os seus pontos fortes e fracos, maximizando os fortes e minimizando os fracos, utilizando também de técnicas corporais que agregarão valor ao processo, sem com tudo confundir-se com terapia, além de vídeos e textos que poderão ser utilizados para auxiliar não só a reflexão, mas principalmente a motivação para a ação. Cada encontro é finalizado com uma tarefa escolhida pelo cliente e algumas vezes sugeridas pelo Coach. No encontro seguinte iniciamos sobre os resultados e reflexões a respeito do cumprimento da tarefa anterior. Após cada encontro o Coach enviará por email, um resumo de cada encontro, que visa posicioná-lo a respeito do que trabalhamos e a distância percorrida. Ou seja o Cliente receberá um feedback constante da sua performance.

 

Se o Coach é um consultor ou líder, porque ele não diz logo o que devo fazer ?

Consultoria e Treinamento em uma Empresa são processos adicionais que maximizam e fixam o resultado do Coach na Organização. Porém no processo especifico do Coaching em si, se o Coach oferecer as respostas o responsável pelos resultados será ele e não o Cliente, e não haverá aprendizado algum para o mesmo. O trabalho do Coaching é levar o Cliente a entrar em ação, a tomar mais decisões, mesmo que algumas decisões não deem certo.

 

E se a decisão tomada vier a prejudicar alguém contrário a minha vontade ?

Toda grande decisão que afete a Empresa ou amigos e familiares do Cliente, são amplamente discutidas e existe um alinhamento ligados aos valores e crenças do Cliente, do que perde e ganha em cada situação, agindo de modo mais estratégico, viabilizando ou não uma decisão importante como por exemplo: uma mudança de carreira. A decisão final porem, é sempre do Cliente, cabendo ao mesmo toma-la, tornando-se responsável por elas.

 

Se não puder comparecer a um dos encontros de Coaching, o que faremos ?

O processo de Coaching, comparado a outros processos de desenvolvimento humano, é mais rápido e objetivo. Porém também demanda frequência e compromisso. Se por algum motivo não puder comparecer, é necessário avisar o Coach com uma antecedência de 24 hs. Tentaremos remarcar um novo dia na mesma semana, para compensarmos o dia. Na impossibilidade do Cliente ou Coach em remarcarem uma data na mesma semana. Faremos o encontro via Skype (conforme necessidade) preferencialmente, já que acumular para a semana seguinte, pode ser complicado em conciliar agendas e implicará em tarefa adicional na semana.

 

Se não conseguir cumprir com a tarefa a tempo do próximo encontro ?

Faremos o próximo encontro normalmente, e você acumulará duas tarefas a serem realizadas até a próxima semana e encontro. Se até o próximo encontro, novamente não cumprir com a tarefa, não há Coaching, pois o Coaching é uma metodologia voltada para ação e resultados, se não houve ação, não houve resultados a serem

discutidos, e o acumulo de tarefas inviabiliza a continuidade do processo. Neste caso o processo é interrompido “temporariamente” até que conclua as tarefas e informe o Coach de que já as realizou. Porém o pagamento dos encontros não será modificado, já que um compromisso foi acordado entre as partes. Exceto é claro por fatores justificáveis como doença e morte em família.

 

Estou fazendo psicoterapia ou tratamento psiquiátrico, posso fazer Coaching?

O Coaching é um processo que exige que a pessoa seja funcional, e esteja emocionalmente resolvida. Não quer dizer que não possa ter problemas, mas se estiver por exemplo em um processo de depressão profunda, talvez o Coaching não seja muito aconselhável neste primeiro momento. Já que o processo lida com certa pressão, ao acelerar mudanças e exigir comprometimento com tarefas. Pode ser feito em paralelo com estes tratamentos, na duvida o processo pode ser iniciado, e se o Coach verificar que o Cliente no momento não está em condições psicológicas de levar o processo adiante, informará ao Cliente para fortalecer-se emocionalmente primeiro, buscando algum tipo de auxilio terapêutico, dando continuidade ao processo posteriormente quando o Cliente sentir-se melhor. Interrompendo o processo sem ônus para o Cliente, recebendo apenas pelos encontros realizados, mesmo que houvesse um compromisso com um pacote maior de encontros, que não mais se realizarão.

 

É necessário ser Psicólogo para ser Coach ?

É recomendável que um Coach, goste de lidar com pessoas, e possua certas competências e conhecimentos como: visão sistêmica, dinâmica de grupos, auto-gestão, comprometimento, organização, auto conhecimento, auto-liderança, inteligência emocional. Além de comprovada formação, certificação e experiência. Existem cursos e formações em Coaching, não é necessário como pré-requisito ser formado em Psicologia ou Administração, sendo útil obviamente conhecimento nestas áreas.

 

Sou um profissional, empreendedor ou executivo, e tenho questões técnicas especificas que almejo desenvolver. Preciso de um Coach que entenda os meus problemas e trabalhe ou tenha trabalhado na mesma área do meu negócio?

Esta é uma questão relativa, pois o Coaching é um processo, uma metodologia de trabalho. Não é necessário que o Coach conheça do negócio do seu Cliente, e sim que faça as perguntas certas, e motive o seu Cliente a ação, é para isso que serve e se resume o Coaching. Muitas vezes estar na mesma área do cliente, pode até mesmo ser uma desvantagem, pois o Coach seria tentado a dar respostas que o Cliente precisa, prestando consultoria ou aconselhamento, oferecendo soluções, que podem se mostrar equivocadas no futuro. Na verdade tudo depende do próprio Coach, a vantagem e desvantagem em cada caso e Cliente, serão sempre relativas e subjetivas. Portanto não passam de crenças muitas vezes de que um Coach que atue como consultor no mesmo segmento do Cliente seja o mais indicado. O que determina o sucesso ou fracasso de cada processo, será a competência do Coach em motivar e estimular, em conjunto com a capacidade do Cliente de entrar em ação. Cada um, Cliente e Coach ao darem o seu melhor, são responsáveis isoladamente por 50% do sucesso do processo.

 

E o Mentoring, ajuda no processo ?

Sim perfeitamente… são quase irmãos… mas diferentes… porém complementares… apesar do papel de conselheiro do Mentor… ele mostra com a sua experiência de vida profissional, os caminhos que já percorreu, os resultados que colheu. Ele também não interfere ou sugere caminhos, mas é um apoio, um suporte em direcionar para as melhores práticas. É como na famosa metáfora Zen da Xicara de Chá. Temos o Erudito ou Professor que sabe muito sobre tudo e todas as teorias, e temos o Mestre que já as pratica a muito tempo. Em poucas lições o Mestre esvazia a xicara do aluno, para que ele possa aprender mais. É algo rico e transformador quando um processo de mentoring pode ser associado ao Coaching. Mas por serem trabalhos irmãos… e como todo irmão gêmeo são diferentes… não podem ser feitos pelo mesmo profissional ao mesmo tempo.